Ser Educacional e NE Capital selecionam 15 edtechs para aceleração

Startups selecionadas receberão aporte de até R$800 mil reais e passarão por mentoria com executivos dos grupos investidores A Overdrives, o grupo Ser Educacional e a NE Capital, empresa do Grupo JCPM, selecionam cinco startups educacionais para receber um aporte financeiro de até RS800 mil reais. As escolhidas estão espalhadas por diversos estados do Brasil, e mais: 53% são de modelos Business-to-Business (B2B) - empresas para empresas 30% de soluções em saúde 73% estão com produtos no mercado 60% delas com clientes recorrentes 25% são lideradas por mulheres O presidente do Ser Educacional, mantenedor do Centro de Inovação Overdrives, Jânyo Diniz, destacou a qualidade das startups inscritas. "Ficamos muito satisfeitos com a quantidade e o nível das finalistas, todas com grande potencial de crescimento." O processo de aceleração dará oportunidade de ter contato com iniciativas de diversas áreas, de todo o Brasil. É um importante veículo para diversificar os negócios e buscar inovação em diversos setores. Envolver os executivos em processos de colaboração com as aceleradas traz crescimento pessoal e fortalece a cultura de inovação. Sediado em Recife, o Centro de Inovação também conta com um sólido e eficiente sistema para mentorias e acompanhamento das startups sendo 100% remota. "Esse modelo remote first tem se mostrado não só oportuno, como muito ágil e eficaz com as empresas que já estão conosco. Para o novo programa, recebemos inscrição de startups de 16 estados diferentes. Dentre as 15 finalistas, temos oito estados representados", explicou o head da Overdrives, Luiz Gomes. Além do aporte financeiro, as startups aceleradas terão acompanhamento com especialistas de mercado, uma rede de empreendedores, mais de 20 áreas de mentoria técnica e o escritório em Recife disponível durante dois anos. O ciclo de aceleração terá duração de seis meses, podendo ser ampliado para dois ciclos, ou seja, um ano dentro do projeto. Durante o processo, executivos do Ser Educacional e do JCPM apoiarão as startups no desenvolvimento do negócio por meio de mentoria e conexões no mercado. Com projeto e planejamento de expansão, através de crescimento orgânico e de aquisições em âmbito nacional, o grupo Ser Educacional, um dos maiores conglomerados de educação do país, e presente nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil, firmou parceria com a edtech Edulabzz. O laboratório de inovação educacional ficará responsável por fornecer o LMS por trás da plataforma de cursos livres a distância, chamada GoKursos. Como edtechs ajudam a transformar a gestão do ensino no Brasil Atendendo uma nova experiência e caracterizando a tecnologia na educação, o grupo avaliou várias opções de LMS e bateu o martelo com a escolha pela Toolzz, software totalmente personalizável, criado pela Edulabzz. SingularityU Brazil e HSM convocam edtechs para o Learning Village "Oferecemos o suíte educacional mais inovador do mercado, com soluções digitais para professores, alunos e gestores educacionais. A Edulabzz é um laboratório de inovação com DNA de startup e vem aprimorando há cinco anos seus apps e plataformas em conjunto com os usuários e clientes. Por isso, nossa experiência de aprendizagem futurista se destaca tanto no mercado", disse Lucas Moraes, CEO da Edulabzz. #educação #tecnologia #inovação #educador21 #edtechs #startups