• Educador21

MEC abre curso gratuito para 40 mil professores de alfabetização

O curso Alfabetização Baseada na Ciência (ABC) deverá ser acessado no Ambiente Virtual de Aprendizagem do MEC


Professores de alfabetização interessados em atualizar seus conhecimentos profissionais já podem acessar o Ambiente Virtual de Aprendizagem do MEC (Avamec) para efetuar inscrição no curso Alfabetização Baseada na Ciência (ABC). Criado pelo Ministério da Educação (MEC), o curso, gratuito oferece 40 mil vagas.


No mesmo ambiente virtual, os professores poderão assistir a vídeos, baixar os materiais de leitura e preparar as tarefas de estudo. Os links estarão disponíveis a partir de 11 de janeiro, e o curso terá duração total de 160 horas.



"O curso é composto por um manual teórico, de 24 capítulos, elaborado pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, e um Programa de Intervenção Prático, desenvolvido pelo Centro de Investigação e Intervenção na Leitura do Instituto Politécnico do Porto. A Universidade Aberta de Portugal ficou responsável por gravar as videoaulas e produzir as legendas para o português do Brasil", informou o MEC em nota.

O conteúdo abarca noções fundamentais de alfabetização, de literacia emergente (antes da instrução formal), da aprendizagem da leitura e escrita e das dificuldades desse processo.

Desde de fevereiro, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do MEC, mantém parceria com as instituições portuguesas. A criação do curso a distância é uma solução para o período de distanciamento social. A Universidade do Porto e o Instituto Politécnico do Porto licenciaram o governo brasileiro para uso do material na capacitação dos docentes.


Além do curso online, professores brasileiros poderão participar de capacitação presencial em Portugal. A Capes deverá abrir editais para esses cursos nos próximos dois anos. A autarquia prevê investimento de R$ 6,3 milhões na formação de professores alfabetizadores.


#educação #tecnologia #inovação #educador21 #atualizaçãodeprofessores #MEC