• Educador21

Edtech mineira Kriativar é finalista na edição 2020 do INXXBR

Duas startups investidas pelo BMG UpTech concorrem em duas categorias, além de disputar o voto popular, em um dos principais prêmios de inovação do Brasil


Duas startups mineiras investidas pelo BMG UpTech, a Kriativar e o Psicologia Viva, são finalistas em um dos principais prêmios de inovação do Brasil, o INNXBR. A edição 2020 reconhece as soluções e empreendedores que mais se destacaram neste ano, tão desafiador e no qual a tecnologia ganhou ainda mais relevância.


O INNXBR é um selo que movimenta os maiores players do mercado, no intuito de desenvolver ainda mais o ecossistema empreendedor brasileiro e ampliar a relevância dos indicados ao prêmio. Conta com parceiros nos principais polos de empreendedorismo do país para captação, avaliação e auditoria, além de startups selecionadas em todo o Brasil.

A premiação privilegia finalistas altamente qualificados e com grande impacto disruptivo. Neste ano, foi lançada a categoria Voto Popular, em que todas as finalistas estão participando como candidatas. O anúncio das vencedoras em seis setores, além da escolhida pelo voto popular, acontece nesta quinta-feira, 1 de outubro, em evento ao vivo e realizado, pela primeira vez, totalmente online.

Localizada em Belo Horizonte (MG), a Kriativar foi selecionada na categoria Destaque - Edtech, que se propõe a valorizar soluções que aliam a tecnologia à inovação em busca de melhores condições de ensino por meio da inteligência artificial, planos educacionais cocriados de acordo com as habilidades de cada aluno, estratégias para democratização do aprendizado, entre outros aspectos.


FOTO: Digulgação/Kriativar

“A Kriativar propõe uma aprendizagem criativa e um jeito lúdico de ensinar e aprender. Utilizamos a tecnologia para reconectar pais, filhos, alunos, professores, escolas e famílias”, disse a fundadora, Sofia Fada.


Criada em 2014, a Kriativar foi pioneira no lançamento dos primeiros quebra-cabeças com realidade aumentada e storytelling do mundo. São eles: “Caco, o palhaço” e “Nina, a bailarina”, além de possuir uma linha de smart toys totalmente inovadora. Os aplicativos, aliados à dinâmica dos jogos antigos, aprimoram a concentração e a memória, estimulam a curiosidade e incentivam a imaginação das crianças.


Já o Psicologia Viva, também com sede em BH, concorre na categoria Impacto Social, que engloba startups “com foco na inclusão e construção de um futuro mais justo”.


Corporate venture do Grupo BMG -- um dos maiores e mais importantes grupos empresariais do país -- com foco na inovação, o BMG UpTech identifica startups cujos negócios sejam viáveis, investe no seu desenvolvimento e as coloca em contato com o mercado.


A empresa já realizou mais de 600 investimentos em startups no Brasil e Estados Unidos, juntamente à Bossa Nova Investimentos, companhia de microventure capital da qual é sócio.


#educação #tecnologia #inovação #educador21 #edtechs