• Educador21

Classpert recebe aporte de R$ 5 milhões na pandemia

A plataforma global de comparação e busca de cursos online pretende usar o investimento para expandir e ficar mais robusta e, assim, atrair novos parceiros para ampliar seus serviços


A edtech Classpert, plataforma global de comparação e busca de cursos online recebeu um aporte de R$ 5 milhões em recursos. A rodada liderada pela gestora gestora de venture capital Iporanga Ventures contou com a participação do fundo de investimentos Canary e de dois investidores-anjo -- Eduardo Wurzmann, fundador do Ibmec, e Mario Pinheiro, fundador do Estratégia Concursos.


“É incrível ver um time tão forte de fundadores se dedicar à difícil missão de melhorar a educação no país. Estamos orgulhosos de fazer parte da jornada da Classpert desde o comecinho”, diz Marcos Toledo, cofundador e sócio-gerente do Canary.


O aporte atual é classificado como Seed. A Classpert já havia recebido um aporte pré-seed pela Quero Educação, que tem entre seus fundadores Thiago Brandão, um dos sócios da Classpert. Foi essa aproximação que chamou atenção da Iporanga Ventures -- a Quero Educação recebeu um de seus primeiros aportes da Iporanga, em 2011.


“A aposta certeira que a Iporanga fez na Quero Educação lá atrás nos tornou uma gestora muito atenta ao mercado de educação”, ressaltou Leonardo Teixeira , sócio da Iporanga. Na sua opinião, um dos reflexos do atual cenário de isolamento foi o segmento de educação a distância ganhar impulso. Em 2019, o setor já havia movimentado cerca de US$ 200 bilhões.

Atualmente, a edtech agrupa em seu buscador informações sobre mais de 220 mil cursos online em dez idiomas. E já contabiliza vendas em 110 países e 1 milhão de cursos em 18 meses. Com o investimento, a Classpert pretende expandir e ficar mais robusta para atrair novos parceiros e ampliar os serviços.

“Atuamos em um mercado global, com um segmento que tem pouca regionalização. Hoje, para nós não existem muitas barreiras locais. Criamos a Classpert com uma ideia bastante ambiciosa de ser um hub global de cursos online. Queremos ser a entrada para as pessoas que buscam se aperfeiçoar em suas áreas”, disse Felipe Jordão, CEO e um dos fundadores da edtech Classpert.


A Classpert direciona os usuários para cursos online em áreas como ciências de dados, marketing e desenvolvimento pessoal. Com menos de dois anos em operação, a empresa já é parceira de grandes plataformas desse segmento de ensino, como Udemy, Coursera e edX. Além disso, o serviço também direciona os usuários para MOOCs (sigla para massive open online course) gratuitos oferecidos por instituições e companhias como Harvard, Stanford, MIT, USP, Insper, Unicamp e Google.


#educação #tecnologia #inovação #educador21 #edtechs #aporte #investidoranjo